domingo, 18 de setembro de 2011

Luverdense-MT 1x0 Águia de Marabá-PA

Azulão é derrotado e dá adeus à Série C.
Mais uma vez o Águia de Marabá viu o sonho de conseguir o acesso à Série B acabar. Dessa vez o algoz foi o Luverdense, que jogando no estádio Passos da Ema, venceu por 1x0 e avançou à próxima fase. O gol da vitória foi marcado por João Paulo, aos 15 minutos do 2° tempo. A equipe mato-grossense fica agora no aguardo da decisão do STJD sobre o caso Rio Branco, para saber se disputará ou não a 2ª fase da Série C.

Paysandu-PA 5x0 Araguaína-TO

Papão goleia o Tourão do Norte e garante sua classificação.

Contando com o apoio em massa de sua apaixonada torcida, o Paysandu goleou o Araguaína por 5x0 e garantiu sua classificação independente da decisão do STJD sobre o caso Rio Branco. O jogo marcava a reestreia do técnico Édson Gaúcho no comando do Bicola, que em poucos minutos foi uma equipe totalmente diferente, tanto em posicionamento, quanto em atitude. Com apenas 3 minutos, Rafael Oliveira chutou cruzado e Josiel estava no lugar certo para fazer 1x0 para o Papão. O 2° gol veio aos 22 minutos, Sidny fez boa jogada e tocou para Juliano, que não desperdiçou. 3 minutos depois, o lateral Fábio Gaúcho fez 3x0. Na etapa final o Paysandu voltou disposto a ampliar a vantagem. Aos 3 minutos, Luciano Henrique levantou a bola na área e Josiel, de cabeça, fez 4x0. O placar seria suficiente para garantir o Papão na próxima fase, pois no outro jogo da chave o Águia apenas empatava com o Luverdense, mas o Papão seguiu jogando pra frente e criando chances, em uma delas o lateral Fábio Gaúcho cruzou para Rafael Oliveira fazer o 5° e fechar o placar. Ao final da partida, o técnico Édson Gaúcho reuniu os jogadores do Paysandu no centro do gramado para agradecer o apoio da torcida. (Foto: MÁRIO QUADROS/Diário do Pará)

Ficha Técnica:
Paysandu-PA: Alexandre Fávaro; Sidny, Márcio Santos, Leandro Camilo e Fábio Gaúcho; Sandro Goiano (Vânderson), Daniel, Luciano Henrique e Juliano (Djalma); Rafael Oliveira e Josiel (Héliton). Téc. Édson Gaúcho.

Araguaína-MT: Ruan; Marquinhos, Ricardo Feltri, Dido (Leandro César) e Marcelo; Jórdido, Joãozinho (Douglas), Giba e Éder (André); Dângelo e Jádson. Téc. Sérgio Belfort.

Gols: Josiel 2x, Juliano, Fábio Gaúcho e Rafael Oliveira (Paysandu).

Público: Pagante - 10.119 / Total - 11.554 espectadores / Renda - R$ 211.516,00.

sábado, 17 de setembro de 2011

Bragantino-PA 3x1 Pedreira-PA

Jogando no estádio São Benedito, em Bragança, o Bragantino venceu o Pedreira por 3x1 e garantiu vaga nas semifinais da Segundinha. Os gols da vitória foram marcados por Fernando Caranga, Roma e Élisson. Emerson Bala descontou para o Pedreira.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Time Negra-PA 4x1 Vila Rica-PA

Jogando no estádio da Curuzú, o Time Negra goleou o Vila Rica por 4x1 e está bem próximo da fase seguinte. Luan 2x, Cléber e Bruno, marcaram para o Time Negra. Meiote fez o gol de honra do Vila Rica. O jogo de volta será realizado segunda, 19/09 às 15h30 na Curuzú.

Pedreira-PA 1x0 Bragantino-PA

Em jogo realizado na ilha de Mosqueiro, o Pedreira saiu na frente na luta pra avançar na Segundinha ao vencer o Bragantino por 1x0. O gol da vitória foi marcado por Sandro Tracuá aos 13 minutos do segundo tempo. O jogo de volta está marcado para sábado, 17/09 às 15h30 em Bragança.

Izabelense-PA 2x2 São Francisco-PA

Mesmo jogando na casa do adversário e com um jogador a menos durante toda a etapa final, o São Francisco conquistou um importante resultado empatando em 2x2 contra o Izabelense. Os gols Azulinos foram marcados por Rodrigão e Perema. Pelo Izabelense marcaram Diego Índio e Balão Marabá. No jogo de volta, segunda, 19/09 às 20h00, o Leão Santareno poderá até empatar por 0x0 ou 1x1, que estará classificado à próxima fase.

domingo, 11 de setembro de 2011

Rio Branco-AC 2x1 Paysandu-PA

Papão é derrotado pelo Estrelão e se complica na Série C.

A expectativa para o confronto entre Rio Branco e Paysandu, na noite deste domingo, era muito grande. O Papão veio à campo com algumas surpresas na escalação, o zagueiro Jorge Felipe entrou na vaga de Fábio Gaúcho. No ataque, o técnico Roberto Fernandes preferiu deixar o jovem Héliton no banco, no lugar dele entrou o meia Robinho. A formação mostrava que a equipe Paraense jogaria na retranca, e foi o que se viu durante todo o 1° tempo. O Rio Branco dominou as ações, pressionando a todo o momento em busca do gol, e de tanto insistir, conseguiu a abrir o placar aos 27 minutos com o atacante Juliano César, de cabeça, aproveitando cobrança de escanteio. O Paysandu seguiu sem chutar uma única bola ao gol adversário durante toda a primeira etapa. No intervalo, um apagão na Arena da Floresta atrasou o início do 2° tempo de jogo.

Com alguns minutos de atraso o árbitro autorizou o início da etapa final. O Paysandu voltou com Josiel na vaga de Luciano Henrique, o time melhorou e finalmente conseguiu levar perigo ao goleiro Rafael Córdova, mas em compensação, o Rio Branco tinha muito mais espaço para contra-atacar, em uma dessas oportunidades, o meia Testinha recebeu sozinho e obrigou Alexandre Fávaro a operar um verdadeiro milagre, salvando o Bicola. Testinha seguiu dando trabalho e aos 23 minutos arriscou de fora da área, a bola desviou em Leandro Camilo e enganou Fávaro, 2x0 para o Estrelão. O técnico Roberto Fernandes finalmente chamou o atacante Héliton para o jogo, o jovem entrou no lugar de Sidny. Sandro Goiano também veio à campo, no lugar de Charles Vágner. O Papão foi pro tudo ou nada, insistiu no ataque e aos 39 minutos o atacante Rafael Oliveira diminuiu o placar. O gol deu ânimo ao time, que agora estava a um gol do empate, mas quem teve a chance mais clara foi o Rio Branco, que no final do jogo teve um pênalti para decidir a partida, no entanto, o lateral Ley desperdiçou a cobrança, parando na defesa de Alexandre Fávaro.

Não havia tempo pra mais nada, o Rio Branco confirmou a vitória e a classificação à fase seguinte da Série C. Já o Paysandu terá que vencer o Araguaína e torcer para uma derrota do Águia de Marabá, se quiser avançar na competição.
(Fotos: EVERALDO NASCIMENTO/Diário do Pará)

Amistoso - São Raimundo-PA 1x2 São Francisco-PA

Leão Santareno vence Pantera e ganha gás para a Segundinha.

O São Francisco, mesmo poupando alguns dos principais jogadores no início da partida, venceu o São Raimundo, de virada no Colosso do Tapajós. O jogo começou com o Pantera saindo na frente com um gol do goleiro Labilá, em cobrança de pênalti. Na etapa final o Leão Azul conseguiu a virada, com dois gols de pênalti. Aos 8 minutos o meia Michel deixou tudo igual. O gol da vitória azulina veio aos 45 minutos, com o goleiro Flávio cobrando a penalidade.

Vila Rica-PA 1x2 Pedreira-PA

O Pedreira venceu o Vila Rica por 2x1 na rodada final do Grupo A2. Os gols da vitória foram marcados por Três, de falta; e Barral, de cabeça. Adelson descontou para o Vila Rica. Mesmo com a derrota o Vila Rica terminou como 1° colocado da Chave.

Bragantino-PA 1x0 Izabelense-PA

O Bragantino venceu o Izabelense na tarde deste domingo e fechou sua participação na 1ª fase com 100% de aproveitamento. O gol da vitória da equipe de Bragança foi marcado pelo atacante Roma. O Izabelense, mesmo com a derrota, se classificou na 2ª posição do Grupo A1.

Comercial-PI 1x2 Independente-PA

Galo Elétrico vence fora de casa e fica perto da classificação.

O Independente foi à Teresina e trouxe um resultado importantíssimo para as suas pretensões na Série D. Os gols da vitória do Galo Elétrico foram marcados pelos atacantes Joãozinho e Leandro Guerreiro. Rigoberto fez o gol do Comercial. Com o resultado o Independente precisa de apenas uma vitória sobre o Trem na última rodada para garantir a classificação à fase seguinte.

Gavião-PA 3x2 Time Negra-PA

O Gavião Kyikatejê venceu o Time Negra por 3x2 na manhã deste domingo, mas o resultado não foi suficiente pra conseguir a classificação. Os gols da partida foram marcados por: Gaguinho 2x e Júnior pelo Gavião; Pikachú e Jonathan pelo Time Negra, que mesmo com a derrota, avançou para a próxima fase com a segunda melhor campanha do Grupo A3.

sábado, 10 de setembro de 2011

Amistoso - Banespa 0x4 Remo

Leão Azul goleia o Banespa na volta aos gramados.
Após mais de três meses sem se apresentar em jogos oficiais, o Clube do Remo retornou à campo na tarde deste sábado para o amistoso contra o Banespa, na cidade de Augusto Corrêa. O Leão Azul teve uma boa atuação e levou goleando por 4x0. Aos 14 minutos o atacante Jaime abriu o placar. Pouco depois Alan Peterson aumentou a vantagem azulina. Os azulinos seguiram a todo vapor e Diego Barros, em uma cobrança de falta ensaiada fez o 3° gol ainda no 1° tempo. Na etapa complementar o Banespa voltou disposto a reagir, mas foi o Remo que fez mais um gol, com o atacante Zé Inácio, dando números finais ao amistoso.

Ficha Técnica:

Banespa: Pintado (Petico); Elizar, Tonico, Wilksson e Dino (Torino); Romildo (Tchaca), Tico, Ballack e Variado (Tiquinho); Joca (Alan) e César Traquateua.

Clube do Remo: Diego Amaral (Lino); Gleisson (Vando), Joãozinho, Diego Barros e Alex Ruan; Alan Peterson (Gabriel), Betinho (Irlan), Jhonathan (Nadson) e Tardelli (Paulo André); Jaime (Zé Inácio) e Reis. Téc. Sinomar Naves.

Gols: Jaime, Alan Peterson, Diego Barros e Zé Inácio (Clube do Remo).

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Feminino - Tuna-PA vence e avança na Copa do Brasil

Águia Guerreira do faz 4x2 no Iranduba-AM e se classifica à próxima fase.
A Tuna fez valer o mando de campo e se classificou às quartas-de-final da Copa do Brasil de Futebol Feminino. A grande destaque da vitória foi a atacante Cássia, que marcou três gols para a Lusa, com Talita completando a vitória. Francilene e Crak descontaram para a equipe do Iranduba-AM, em duas cobranças de falta. Na próxima fase a Tuna Luso Brasileira-PA enfrentará o Viana-MA, equipe com grande número de atletas Paraenses.

Time Negra-PA 1x1 São Francisco-PA

Leão Santareno empata e garante o 1° lugar do grupo A3.

São Francisco e Time Negra se enfrentaram na tarde desta quinta e empataram em 1x1 no estádio da Curuzú, em Belém. Aos 28 minutos do 1° tempo o centroavante Rodrigão abriu o placar para o Leão Santareno. O empate do Time Negra veio na etapa final, com Luan aos 32 minutos. O empate garantiu ao São Francisco o 1° lugar do grupo A3 com 8 pontos, já que o Time Negra mesmo com um jogo a menos só poderá chegar aos 7 pontos.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Izabelense-PA 1x0 Santa Rosa-PA

O Izabelense bateu o Santa Rosa por 1x0 e garantiu vaga na próxima fase da 2ª Divisão Paraense. O gol da vitória foi marcado pelo atacante Diego Índio, aos 6 minutos da etapa inicial. O resultado levou o Izabelense aos 4 pontos. Já o Santa Rosa encerrou sua participação na última posição do Grupo A1, com apenas 1 ponto.

Pedreira-PA 4x1 Tiradentes-PA

Em jogo realizado na ilha de Mosqueiro, o Pedreira goleou a equipe do Tiradentes na tarde desta quarta e garantiu vaga na próxima fase da Segundinha. O destaque do jogo foi o atacante Emerson Bala, que marcou 3 gols. Com o resultado, o Pedreira foi aos 6 pontos e na próxima rodada decidirá o 1° lugar do Grupo A2 contra o Vila Rica, dia 11/09 às 9h30 no Campo do Ceju. Já o Tiradentes encerrou sua participação com 4 derrotas em 4 jogos.

Confirmado Rai x Fran no domingo

As diretorias de São Raimundo e São Francisco se reunirem nesta terça para acertarem a realização de um amistoso entre as equipes no próximo domingo, 11/09. O Pantera terá uma folga grande na Série D, só voltando a jogar no dia 18/09, contra o Sampaio Corrêa no estádio Nhozinho Santos, em São Luís-MA. Já o São Francisco terá o último jogo da 1ª fase da Série B do Parazão já nesta quinta (08), contra o Time Negra no estádio da Curuzú, em Belém-PA. O Clássico Santareno será realizado no domingo (11), às 18h30 no estádio Colosso do Tapajós, em Santarém-PA.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

São Raimundo-PA 2x2 Trem-AP

Pantera vacila no final e deixa escapar uma importante vitória.

Em jogo realizado na noite desta segunda no estádio Colosso do Tapajós, em Santarém, o São Raimundo deixou escapar uma ótima oportunidade de encaminhar sua classificação à fase seguinte da Série D. O Pantera começou a partida sufocando o adversário em busca do gol, mas quem abriu o placar foi o Trem. Diego Ratinho recebeu lançamento na esquerda e aos 18 minutos fez 1x0 para os visitantes. Na etapa final o São Raimundo voltou determinado a reagir. Logo aos 2 minutos conseguiu o empate, com o zagueiro Élder, de cabeça. O Alvinegro Santareno seguiu pressionando e virou o placar aos 12 minutos, com Aldivan. O Trem não se abalou e foi em busca do empate, que veio aos 35 minutos, com o zagueiro Rubran, que de cabeça garantiu a igualdade no placar.

Ficha Técnica:

São Raimundo-PA: Labilá; Júlio Ferrari (Belo), Élder (Darlan), Thiago Júnior e Rafael Vieira; Rodrigo Santarém, Marcelo Pitbull, Vélber (Caleb) e Aldivan; Nenê Apeú e Adriano Miranda. Téc. Lúcio Santarém.

Trem-AP: Evandro; Américo, Tonhão, Rubran e Batata (Ronaldão); Diogo Piraca, Dudu, Romeu e André Mensalão; Max Jarí (Pretão) e Diego Ratinho (Leandro Mineiro). Téc. Fran Costa.

Gols: Diego Ratinho e Rubran (Trem); Élder e Aldivan (São Raimundo).

Público: Pagante - 3.760 / Total - 4.560 espectadores / Renda - R$ 38.005,00.

Na próxima rodada o São Raimundo folgará na tabela. Já o Trem receberá o líder Sampaio Corrêa, domingo, 11/09 às 16h00 no estádio Glicério Marques, em Macapá-AP.

domingo, 4 de setembro de 2011

Tiradentes-PA 0x1 Vila Rica-PA

O Vila Rica venceu o Tiradentes por 1x0 na manhã deste domingo e garantiu classificação à próxima fase da Segundinha do Campeonato Paraense. O gol da partida foi marcado aos 45 minutos da etapa inicial com o jogador Meiote, de cabeça, aproveitando cruzamento do meia Adelson. Com o resultado o time do Vila Rica foi a 9 pontos e não poderá mais ser alcançado pelos adversários do Grupo B.

sábado, 3 de setembro de 2011

Águia de Marabá-PA 2x1 Araguaína-TO

Azulão enfrenta dificuldades, mas vence o Tourão do Norte e assume a liderança.

O Águia de Marabá começou o jogo dando a impressão que venceria fácil o lanterna do Grupo A. Logo aos 39 segundos fez 1x0 com o centroavante Mendes, de cabeça. Após o gol sofrido o Araguaína cresceu na partida e chegou ao empate aos 33 minutos, com Éder. Na etapa final o Águia veio pra pressão em busca do resultado, mas o gol da vitória só veio aos 29 minutos, com Mendes mais uma vez de cabeça, a partir de então o jogo seguiu sem alterações no placar. A vitória deixou o Águia isolado na liderança do Grupo A, com 13 pontos.

Ficha Técnica:

Águia de Marabá-PA: Marcelo Cruz; Sinésio, Roberto, Charles e Rayro; Danilo Goiano, Analdo, Flamel (Marquinhos Marabá) e Alan Taxista; Mendes e Peri (Vânder). Téc. João Galvão.

Araguaína-TO: Ruan; Anderson, Dido, Rodrigo Feltri (André) e Paulão; Marquinhos, Paulo Roberto, Lê e Jócion (Joãozinho); Dângelo e Éder. Téc. Serginho.

Gols: Mendes 2x (Águia de Marabá) e Éder (Araguaína).

Público: Pagante - 1.352 / Total - 1.552 espectadores / Renda - R$ 24.375,00.

Na próxima rodada o Águia de Marabá folgará na tabela. Já o Araguaína receberá o Luverdense, dia 11/09 às 19h00 no estádio Mirandão, em Araguaína-TO.

Santa Rosa-PA 1x2 Bragantino-PA

O Bragantino venceu o Santa Rosa no estádio Maximino Porpino e garantiu classificação à próxima fase da Segundinha do Campeonato Paraense. Roma e Fernando Caranga marcaram os gols que deram a vitória à equipe de Bragança, que segue com 100% de aproveitamento. Júnior Moraes descontou para o Santa Rosa.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Amistoso - Paysandu 4x3 Independente

Papão vence Galo Elétrico na reedição da final do Parazão.

Paysandu e Independente voltaram a se enfrentar na noite desta sexta na reedição da decisão do Campeonato Paraense. O jogo começou com o Galo Elétrico saindo na frente aos 6 minutos, num cruzamento na área onde o goleiro Fernando Vizzoto saiu errado do gol e o atacante Leandro Guerreiro aproveitou para fazer 1x0. Um minuto depois Robinho deixou tudo igual no placar, 1x1. Aos 9 minutos o atacante Diogo Galvão virou o jogo para o Bicola. O Paysandu criou mais chances e aos 22 minutos ampliou com mais um gol de Diogo Galvão, dessa vez de pênalti. Aos 34 minutos o meia Daniel diminuiu o placar em cobrança de falta. Na etapa final o Papão veio com muitas mudanças, mas conseguiu ampliar aos 4 minutos com o jovem Héliton. A equipe Bicolor sofreu bastante com o desentrosamento e chegou a ser bastante pressionado, aos 29 minutos Lima diminuiu mais uma vez o placar. O jogo seguiu movimentado até o final, mas o placar seguiu 4x3 para o Paysandu. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

São Francisco 4x0 Gavião

Leão Santareno goleia o Gavião e garante a classificação antecipada à próxima fase.

O São Francisco goleou o Gavião na noite desta quinta jogando no estádio Colosso do Tapajós. Os gols da vitória Azulina foram marcados por: Michel, André 2x e Rodrigão. O Leão Santareno volta à campo no próximo dia 07/09, quando enfrentará o Time Negra às 15h30 no estádio da Curuzú, em Belém. Já o Gavião jogará contra o mesmo Time Negra no dia 11/09 às 15h30 no estádio da Curuzú.

Ficha Técnica:

Gols: Michel, André 2x e Rodrigão (São Francisco).

Público: Pagante - 1.635 / Total - 1.915 espectadores / Renda - R$ 16.340,00.

domingo, 28 de agosto de 2011

São Francisco 1x0 Time Negra

Leão Santareno vence e assume a liderança do Grupo.
Jogando no Colosso do Tapajós, em Santarém, o São Francisco venceu o Time Negra por 1x0. O gol da vitória foi marcado pelo atacante Rodrigão, num chute de fora da área logo no começo da partida. Com o resultado o Leão Santareno assumiu a liderança do Grupo A3 da Segundinha. (Foto: notapajos.com)

Ficha Técnica:

São Francisco-PA: Flávio; Gean, Preto Marabá, Alex Carioca e Maurian; Delson, Diego Carioca, Jonatan (Sidvan) e Michel; André (Frizzo) e Rodrigão (Anderson Magrão). Téc. Osvaldo Monte Alegre.

Time Negra-PA: Sanderson; Pikachú, Walace (Luan), Pablo e Matheus (Bryan); Thiago, Danilo, Cléber (Billy) e Augusto; Netinho e Ramiro. Téc. Nad.

Gol: Rodrigão (São Francisco).

Público: Pagante - 1.851 / Total - 2.001 espectadores / Renda - R$ 16.375,00.

Rio Branco-AC 2x1 Águia de Marabá-PA

Azulão sofre gol aos 44 do 2° tempo e perde para o Estrelão.

O Águia foi à capital Acreana em busca de pelo menos um empate para voltar satisfeito pra casa, mas apesar de jogar todo o segundo tempo com um jogador a mais, foi derrotado pelo Rio Branco por 2x1. O Estrelão do Norte abriu o placar ainda no 1° tempo, com o meia Testinha. Já na etapa final o Azulão se aproveitou da superioridade numérica e conseguiu o empate, aos 29 minutos, com o atacante Marquinhos Marabá, que havia entrado na vaga de Mendes, mas a igualdade no placar acabou quando o zagueiro Aguiano Charles derrubou Rodrigão na área e o juíz assinalou pênalti. Na cobrança o lateral Ley, ex-Águia, deu a vitória à equipe do Rio Branco. (Fotos: VICTOR LUCIANO/Agência de Notícias do Acre)

Ficha Técnica:

Rio Branco-AC: Rafael Córdova; Ley, Rodrigão, Luciano e Ananias; Ivo (Zé Marco), Ismael, Palermo e Testinha (Wendel); Araújo (Marcelo Brás) e Souza Baiano. Téc. Éverton Goiano.

Águia de Marabá-PA: Marcelo Cruz; Sinésio, Roberto, Carlão (Charles) e Rayro (Vânder); Danilo Goiano, Analdo, Flamel e Alan Taxista; Peri e Mendes (Marquinhos Marabá). Téc. João Galvão.

Gols: Testinha e Ley (Rio Branco); Marquinhos Marabá (Águia de Marabá).

Na próxima rodada o Rio Branco jogará contra o Luverdense, dia 04/09 às 18h00 no estádio Passos da Ema, em Lucas do Rio Verde-MT. Já o Águia de Marabá receberá o Araguaína, dia 03/09 às 19h00, no estádio Zinho de Oliveira, em Marabá-PA.

Comercial-PI 0x3 São Raimundo-PA

Pantera vence fora de casa com autoridade e entra de vez na briga para ir à próxima fase.

O São Raimundo se deu bem na estreia do técnico Lúcio Santarém, o Alvinegro Santareno venceu por 3x0, mesmo atuando na casa do adversário. O 1° gol da partida foi marcado logo aos 17 da etapa inicial, com o atacante Sató. Aos 34 minutos, o experiente meia Vélber fez o 2° para o Pantera. O 3° gol da partida foi marcado no finalzinho do 1° tempo, com Aldivan. Já na etapa final de jogo o São Raimundo apenas administrou a grande vantagem construída. Com a importante vitória o Pantera foi a 8 pontos e na próxima rodada receberá o Trem-AP, dia 05/09 às 20h00 no estádio Colosso do Tapajós, em Santarém-PA. (Foto: Diário do Pará)

Paysandu-PA 1x0 Luverdense-MT

Papão sofre bem mais do que o esperado, mas vence o Luverdense com gol do zagueiro e capitão Vágner.

A torcida Bicolor lotou as dependências da Curuzú esperando uma vitória tranquila do Paysandu diante do Luverdense, mas não foi o que aconteceu. O Papão encontrou bastante dificuldade para furar o bloqueio defensivo do adversário, que veio à campo com 4 zagueiros e 3 volantes. Ainda assim o atacante Rafael Oliveira teve uma chance claríssima para abrir o placar no 1° tempo, mas a finalização passou raspando à trave. Na etapa final o Paysandu aumentou a pressão em busca do gol, mas foi o Luverdense que levou perigo em alguns contra-ataques, obrigando Alexandre Fávaro a trabalhar bastante. A torcida já se encontrava apreensiva, quando aos 30 minutos, Sidny lançou Rafael Oliveira, que cruzou na área para o zagueiro e capitão Vágner estufar as redes do adversário. E o placar não se alterou até o final da partida. Com o resultado, o Paysandu recuperou a liderança do Grupo A, com 11 pontos. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

Ficha Técnica:

Paysandu-PA: Alexandre Fávaro; Sidny, Vágner, Leandro Camilo e Jean (Sandro Goiano); Rodrigo Pontes, Charles Vágner, Thiago Potyguar e Luciano Henrique (Robinho); Josiel e Rafael Oliveira. Téc. Roberto Fernandes. Luverdense-MT: Thiago Volpi; Lacerda, Marcelo Bolacha, Cléber Carioca e Raúl Prata; Álvaro (Rafael Tavares), Renan (Gabriel Davies), Marcos Rogério e Dê; Ray e Allan (Charley). Téc. Lisca.

Gol: Vágner (Paysandu).

Público: Pagante - 8.681 / Total - 10.143 espectadores / Renda - R$ 181.920,00.

Na próxima rodada o Paysandu folgará na tabela. Já o Luverdense receberá o Rio Branco, dia 04/09 às 18h00 no estádio Passos da Ema, em Lucas do Rio Verde-MT.

sábado, 27 de agosto de 2011

Independente-PA 2x1 Sampaio Corrêa-MA

Galo Elétrico vence o líder da chave e volta à briga pela classificação.O Independente voltou a vencer e escolheu justamente o líder do Grupo como vítima. Os gols do Galo Elétrico foram marcados pelo zagueiro artilheiro Adson, com Marcos Vinícius descontando para o Sampaio. O resultado deixou o Independente apenas um ponto atrás do próprio Sampaio, que mesmo com a derrota segue liderando a chave.

Ficha Técnica:

Independente Tucuruí-PA: Rodolfo Rodrigues; Lima, Adson, Guará e Luciano; Daniel (Marraqueti), Silva, Marçal (Vaninho) e Gian; Joãozinho e Leandro Guerreiro (Jaílson). Téc. Charles Guerreiro.

Sampaio Corrêa-MA: Rodrigo Ramos; Marquinhos, Mimica, Marcelo Oliveira e Deca; Róbson (Eloir), Luís Maranhão, Marcos Vinícius e Cleitinho (Marcelo Maciel); Edgar e Orlando (Júnior Chicão). Téc. Josué Teixeira.

Gols: Ádson 2x (Independente); Marcos Vinícius (Sampaio Corrêa).

Cartões amarelos: Lima, Adson e Luciano (Independente); Marcelo Maciel (Sampaio Corrêa).

Público: Pagante - 2.175 / Renda - R$ 19.250,00.

Na próxima rodada o Independente folgará na tabela. Já o Sampaio Corrêa receberá o Comercial-PI, dia 04/09.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Gavião 2x2 São Francisco

Leão Santareno fica no empate com o Gavião na Segundinha.

O São Francisco, jogando em Belém, empatou seu primeiro jogo na segundinha por 2x2 contra o Gavião, de Marabá. Os gols da partida foram marcados por Ricardinho e Rodrigão, pelo Leão Santareno, e Canarí e Arú para o Gavião. Na próxima rodada o São Francisco recebe o Time Negra, domingo às 18h30 no estádio Colosso do Tapajós, em Santarém.

domingo, 21 de agosto de 2011

São Raimundo 1x1 Independente

Pantera desperdiça um pênalti e fica só no empate com o Galo Elétrico.

Em jogo realizado na tarde deste domingo no estádio Colosso do Tapajós, São Raimundo e Independente empataram em 1x1. Os gols da partida foram marcados por Aldivan, pelo Pantera, e Lima, pelo Galo Elétrico. O resultado foi ruim para ambas as equipes, que seguem em situação complicada no Grupo.

sábado, 20 de agosto de 2011

Águia de Marabá 2x1 Paysandu


Azulão vence, tira a invencibilidade do Papão e de quebra assume a ponta do Grupo A.

O Águia começou melhor na partida, mas as dimensões e condições do gramado tornaram o jogo bastante truncado, mas a superioridade surtiu efeito aos 40 minutos, quando Mendes recebeu cruzamento de Rayro, e de cabeça fez 1x0 para os Marabaenses. O Paysandu fez mudanças para a etapa final, e Thiago Potyguar, que havia entrado na vaga de Robinho, empatou o jogo aos 8 minutos. O gol deu mais ânimo à equipe Bicolor, que por pouco não virou a partida no lance seguinte com Sidny. E quando o Paysandu parecia à vontade no jogo, veio o gol do Águia, Flamel aproveitou rebote de Alexandre Fávaro e fez 2x1 para o Azulão. O Paysandu foi ao ataque em busca da igualdade, mas não obteve êxito. Com o placar final, o Águia de Marabá assumiu a liderança do Grupo A, com 10 pontos.

Ficha Técnica:

Águia de Marabá-PA: Marcelo Cruz; Sinézio, Roberto, Carlão e Rayro; Willian Santos (Flamel) (Edkléber), Analdo e Danilo Goiano; Alan Taxista, Mendes (Marquinhos Marabá) e Peri. Téc. João Galvão.

Paysandu-PA: Alexandre Fávaro; Sidny, Vágner, Márcio Santos e Jean; Rodrigo Pontes, Charles Vágner, Robinho (Thiago Potyguar) e Luciano Henrique (Giuliano); Josiel (Diogo Galvão) e Rafael Oliveira. Téc. Roberto Fernandes.

Gols - Mendes e Flamel (Águia de Marabá); Thiago Potyguar (Paysandu).

Público: Pagantes - 3.162 / Total - 3.412 espectadores / Renda - R$ 50.470,00.

Na próxima rodada o Águia de Marabá enfrentará o Rio Branco, domingo (28) às 19h00 na Arena da Floresta. Já o Paysandu receberá o Luvendense, domingo (28) às 16h00 na Curuzú.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Em obras. Até quando?

Quando ao final do Campeonato Belterrense de 2009 começaram as reformas do Campo da Praça Brasil, quem de nós poderia imaginar que em agosto de 2011 as tais reformas ainda estariam ocorrendo. Estive presente em quase todas as vezes que as autoridades davam alguma satisfação sobre as obras, e de promessa em promessa lá se vão quase dois anos, sem que nada relevante tenha sido feito. Hoje o que pode ser visto é o trabalho de algumas máquinas, no que parece ser o nivelamento do local, mas no atual ritmo de tartaruga, quem sabe possamos presenciar a inauguração do Complexo Esportivo até o ano da Copa do Mundo de 2014. A população segue aguardando que um dia as obras finalmente sejam concluídas, para que tenhamos de volta nosso querido Campo da Praça Brasil.

Pantera busca reabiltação

Após o frustrante começo de campanha na Série D, o São Raimundo finalmente jogará diante de sua torcida no estádio Colosso do Tapajós. A partida, cujo adversário será o Comercial-PI no domingo (14) às 17h00, terá ares de decisão para o Pantera, já que um resultado negativo daria fim ao sonho de ir adiante na competição.

domingo, 7 de agosto de 2011

Paysandu 2x1 Águia de Marabá

Papão vence Azulão com gol aos 48 do 2° tempo e assume a liderança do Grupo A da Série C.

O jogo entre Paysandu e Águia de Marabá tem se repetido por muitas vezes nos últimos anos, aumentando a rivalidade entre as duas equipes. No jogo deste domingo o Papão contou com o apoio da torcida no Mangueirão e poderia ter saído com a vantagem logo no 1° tempo, mas o gol só saiu mesmo na etapa final, quando Josiel fez boa jogada pela direita e cruzou para Rafael Oliveira, de voleio, fazer 1x0 para o Bicola. O Águia não perdeu tempo e conseguiu o empate em seguida, com um chute de fora da área do meia Vânder. O jogo ganhou em emoção, enquanto o Papão pressionava em busca da vitória, o Azulão Marabaense levava muito perigo nos contra-ataques. O duelo seguiu indefinido até os 48 do 2° tempo, quando Sidny cobrou escanteio, Sandro Goiano escorou de cabeça e Rodrigo Pontes completou pro fundo do gol. Não houve tempo pra mais nada, a vitória por 2x1 deixou o Paysandu sozinho na liderança do Grupo A da Série C, com 7 pontos em 3 jogos. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

Ficha Técnica:

Paysandu-PA: Alexandre Fávaro; Sidny, Vágner, Márcio Santos e Fábio Gaúcho; Rodrigo Pontes, Charles Vágner, Luciano Henrique (Sandro Goaino) e Thiago Potyguar (Robinho); Josiel e Rafael Oliveira (Héliton). Téc. Roberto Fernandes.

Águia de Marabá-PA: Marcelo Cruz; Sinézio, Carlão, Roberto e Rayro; Willian Santos (Elson), Analdo, Danilo Goiano e Marquinhos (Alan Taxista); Peri e Mendes (Vânder). Téc. João Galvão.

Gols - Rafael Oliveira e Rodrigo Pontes (Paysandu); Vânder (Águia de Marabá).

Cartões amarelos - Tiago Potyguar e Sidny (Paysandu); Mendes, Marcelo Cruz e Carlão (Águia de Marabá).

Público: Pagantes - 11.556 / Total - 14.147 espectadores / Renda - R$ 177.915,00.

Na próxima rodada o Paysandu enfentará o Luverdense sábado, 13/08 às 20h00 no estádio Ppassos da Ema. Já o Águia de Marabá receberá o Rio Branco domingo, 13/08 às 19h00 no estádio Zinho de Oliveira.

sábado, 6 de agosto de 2011

Independente 0x0 São Raimundo

Duelo entre Paraenses termina zerado no placar.
Independente e São Raimundo se enfrentaram na noite deste sábado em Tucuruí e empataram em 0x0. O resultado foi péssimo para ambas as equipes, que agora estão juntas nas duas últimas posições da chave. Na próxima rodada o Galo Elétrico terá que buscar pontos contra o Sampaio Corrêa, no Maranhão. Já o Pantera receberá o Comercial-PI, no estádio Colosso do Tapajós. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

terça-feira, 26 de julho de 2011

Amistoso - Águia de Marabá 2x0 Independente

Azulão vence o Galo Elétrico

Em amistoso realizado na noite desta terça, o Águia de Marabá jogando no estádio Zinho de Oliveira, venceu o Independente por 2x0. Os gols da partida foram marcados por Peri e Elson. O Azulão Marabaense volta à campo na próxima segunda, 01/08 às 20h30 no estádio Mirandão, onde enfrentará o Araguaína, valendo pela 3ª rodada da Série C 2011.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Paysandu-PA 1x1 Rio Branco-AC

Papão decepciona sua torcida e apenas empata contra o Estrelão.

Em jogo valendo pela 2ª rodada da Série C 2011, o Paysandu decepcionou sua torcida, que compareceu em peso ao estádio Mangueirão, e ficou no empate contra o Rio Branco. O jogo teve um primeiro tempo bastante equilibrado, mas foi o time visitante que teve as primeiras chances claras e acabou abrindo o placar.
O lateral Ley, ex-Águia de Marabá, arriscou de fora da área e num chute de muito efeito marcou um golaço para fazer 1x0 para os acreanos.
O Paysandu melhorou após sofrer o gol e não
demorou a igualar o marcador. Sidny cobrou falta rasteira e após confusão na área o atacante Josiel deixou tudo igual, 1x1. Na etapa final o Papão bem que tentou fazer o gol que lhe daria a vitória, mas apesar do domínio, não conseguiu acertar o último passe e acabou apenas empatando em casa. O empate deixou o Paysandu na liderança do Grupo A com 4 pontos, mas o Águia poderá roubar o 1º lugar caso vença seu jogo na próxima rodada. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Araguaína-TO 0x1 Paysandu-PA

Papão estreia com vitória dramática fora de casa.

O Paysandu foi ao Tocantins e venceu o Araguaína pelo placar de 1x0 em jogo valendo pela 1ª rodada da Série C 2011. O gol da vitória bicolor foi marcado pelo lateral esquerdo Fábio Gaúcho, de pênalti no final do 1° tempo, mas o resultado positivo só veio após um segundo tempo dramático. O volante Rodrigo Pontes foi expulso aos 23 minutos e o jogo ficou quente nos minutos finais, com direito a confusão entre os treinadores, que culminou na expulsão do técnico Roberto Fernandes. Mesmo diante de todas essas adversidades o Bicola conseguiu manter a vantagem no placar e começar a competição com o pé direito.

Ficha Técnica:

Araguaína-TO: Jamilton; Ricardo Feltri, Marquinhos, Marcelo e Jócion; Paulo Tocantins, Paulo Roberto, Jordson (Claudinho) e Giba (Marco Aurélio); Joãozinho e Anderson Marabá (Cleir). Téc. Léo Goiano.

Paysandu-PA:
Alexandre Fávaro; Sidny (Cláudio Állax), Márcio Santos, Vágner e Fábio Gaúcho; Charles Vágner, Rodrigo Pontes, Luciano Henrique (Sandro Goiano) e Robinho; Rafael Oliveira e Héliton (Alexandre Carioca). Téc. Roberto Fernandes.

Gol - Fábio Gaúcho (Paysandu).

Cartões - Amarelos: Marcelo e Jócion (Araguaína); Charles Vágner, Fábio Gaúcho, Sidny, Sandro Goiano e Rodrigo Pontes (Paysandu). Vermelho: Rodrigo Pontes (Paysandu).

Na próxima rodada o Araguaína enfrentará o Luvendense dia 24/07 às 18h00, no estádio Passos da Ema, em Lucas do Rio Verde-MT. Já o Paysandu receberá o Rio Branco dia 25/07 às 20h30, no estádio Mangueirão, em Belém.

sábado, 16 de julho de 2011

Águia de Marabá-PA 1x0 Luverdense-MT

Azulão vence em casa e larga bem na terceirona.

Jogando no Zinho de Oliveira, em Marabá, o Águia fez o dever de casa ao bater o Luverdense pelo placar de 1x0 na estreia de ambos na Série C. O gol da vitória foi marcado pelo volante Willian Santos, de cabeça. Com o resultado positivo o Azulão Marabaense conseguiu seu objetivo inicial, que era vencer a estreia em casa, pra depois fazer os dois próximos jogos longe de Marabá, contra o Araguaína, no Tocantins, e contra o Paysandu, em Belém.

Ficha técnica:

Águia de Marabá-PA: Marcelo Cruz; Sinésio, Carlão, Roberto e Rayro; Willian Santos, Danilo Goiano, Marquinhos (Flávio) e Flamel (Elson); Alan Taxista (Patrick) e Peri. Téc. João Galvão.

Luverdense-MT: Tiago; João Paulo, Lacerda, Cléber e Robinho; Álvaro, Dê, Rafael Tavares (Álan) e Davis Thiago (Gabriel Davis); Rai e Lino (Charley). Téc. Lisca.

Gol: Willian Santos (Águia de Marabá).

Público: Pagantes - 1.243 / Renda - R$ 18.255,00.

Na próxima rodada o Águia de Marabá folgará na tabela. Já o Luvendense receberá o Araguaína, dia 24/07 às 18h00, no estádio Passos da Ema.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Série C 2011/ Grupo A/ A "guerra" vai começar...

Está chegando a hora! O futebol paraense, representado por Águia de Marabá e Paysandu, começa no sábado, dia 16/07, mais uma batalha para voltar a figurar com destaque no cenário nacional. É o início do Campeonato Brasileiro Série C 2011, nesse ano o regulamento mudou um pouco: Agora, ao invés do temido mata-mata, teremos outra fase de grupos na sequência da primeira fase, com duas chaves de 4 equipes cada, os dois primeiros colocados garantem automaticamente o acesso à Série B, sendo que os primeiros de cada grupo terão o direito de disputar as finais, em jogos de ida e volta, para decidirem o grande campeão da Terceirona. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

(Obs. Nos próximos dias até antes da estreia de cada equipe farei a análise dos cinco integrantes do grupo A).

Grupo A:

Águia de Marabá-PA
Araguaína-TO
Luverdense-MT
Paysandu-PA
Rio Branco-AC

1ª rodada:

Sábado, 16/07 às 18h00 - Águia de Marabá-PA x Luverdense-MT
Segunda, 18/07 às 20h30 - Araguaína-TO x Paysandu-PA

terça-feira, 12 de julho de 2011

Pantera mandará seu 1° jogo na Série D em Belém

No próximo dia 17 de Julho, o São Raimundo fará a sua estreia no Campeonato Brasileiro Série D contra o Sampaio Corrêa-MA, e para a tristeza de sua fanática torcida, o jogo, mesmo com o mando de campo sendo da equipe santarena, será realizado no estádio Mangueirão, em Belém. Segundo a Secretaria de Esportes e Lazer de Santarém, todas as reformas necessárias foram feitas no Colosso do Tapajós, mas como a CBF não recebeu os laudos da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e de Engenharia Estrutural do estádio, acabou transferindo o jogo para a capital paraense. Os dois jogos seguintes do Pantera serão fora de casa, enfrentará o Trem-AP, em Macapá no dia 31 de Julho, e o Independente, em Tucuruí no dia 07 de Agosto. Já o jogo contra o Comercial-PI, dia 14 de Agosto pela 5ª rodada, deverá enfim ser o reencontro do time com a torcida, em Santarém.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Amistoso - Paysandu 1x1 Águia de Marabá

Paraenses ficam no empate na prévia da Série C.
No último amistoso preparatório de ambos antes do início da Série C, Paysandu e Águia se enfrentaram na noite desta segunda no estádio Mangueirão e fizeram um jogo bem abaixo do esperado. No final o placar de 1x1 serviu apenas para que os técnicos pudessem testar praticamente todos os jogadores de seus respectivos elencos. Os gols da partida foram marcados por Héliton para o Papão e Willian Santos para o Azulão. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

Ficha Técnica:

Paysandu - Alexandre Fávaro (Dida); Cláudio Állax, Vágner (Diguinho), Márcio Santos (Jorge Felipe) e Jean (Andrey Coutinho); Charles Vágner (Alexandre Carioca), Rodrigo Pontes (Sandro Goiano), Robinho (Neto) e Fábio Gaúcho (Djalma); Luciano Henrique (Thiago Silva) e Héliton (Juba). Téc. Roberto Fernandes.

Águia de Marabá - Marcelo Cruz (Alan); Sinésio, Carlão (Charles), Roberto (Edkléber) e Rayro; Willian Santos (Marcelo Mineiro), Analdo (Alan Kardec), Danilo Goiano (Élson) e Flamel (Berg); Alan Taxista (Patrick) e Peri (Léo Canaã). Téc. João Galvão.

Gols - Héliton (Paysandu) e Willian Santos (Águia de Marabá).

Público - 2.462 pagantes / Renda - R$ 27.040,00.

domingo, 26 de junho de 2011

Independente - Campeão Paraense 2011

Em uma final dramática o Independente faz história e conquista o primeiro título para o interior do estado.

Paysandu 3x3 Independente

1° tempo
- Toda a emoção que faltou no jogo de ida da grande decisão esteve mais do que presente no jogo de volta. O Paysandu tinha a seu lado a força da torcida, que compareceu para empurrar a equipe, e mesmo desorganizado no começo do jogo conseguiu abrir o placar. O lateral Sidny aproveitou cobrança de falta para fazer 1x0. O Independente não se abateu, pelo contrário, melhorou bastante após sofrer o gol. O empate veio aos 38, quando Marçal recebeu de Fábio Gaúcho e fez um golaço, 1x1. Pouco depois, Marçal fez uma ótima jogada e cruzou pro meio da área, onde Wegno só teve o trabalho de empurrar pro fundo do gol. Era a virada do Galo Elétrico, mas ainda teve tempo pra mais um gol ainda no 1° tempo. A zaga do Paysandu deu bobeira em uma cobrança de lateral, o meia Gian recebeu de costas e rolou para Joãozinho encher o pé e fazer 3x1 para o Independente. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

2° tempo
- O Paysandu voltou para a etapa final decidido a reagir o mais rápido possível. O técnico Roberto Fernandes fez duas mudanças para deixar a equipe mais ofensiva. Logo no 1° lance de ataque, o atacante Héliton aproveitou rebote e fez o gol, mas o assistente assinalou impedimento no lance. O Papão seguiu pressionando e Héliton aproveitou outro rebote do goleiro para diminuir o placar, desta vez valeu. Faltava ainda mais um gol para que o Paysandu levasse a decisão para os pênaltis. A pressão bicolor foi grande, mas o tempo foi passando e a situação ficando mais complicada. O Galo Elétrico teve ainda duas oportunidades claríssimas para matar o jogo, em uma, a cabeçada do atacante Wegno parou no travessão, já na outra, o atacante Joãozinho parou na ótima defesa do goleiro Alexandre Fávaro. O jogo se encaminhava para o final e o Paysandu já parecia cansado para buscar o gol, mas aos 44 minutos Sandro Goiano arriscou de fora da área para fazer o gol salvador que levou a decisão para as penalidades máximas. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

Pênaltis (Paysandu 0x3 Independente) - Nas Penalidades decisivas o Paysandu acabou desperdiçando todas as suas cobranças, com Sidny, Rafael Oliveira e Mendes. Já o Independente converteu todas, com Fábio Gaúcho, Lima e Ádson.

Ficha Técnica:

Paysandu - Alexandre Fávaro; Cláudio Állax, Hebert, Diguinho e Sidny; Alexandre Carioca (Sandro Goaino), Vânderson, Hálisson (Héliton) e Andrey (Marquinhos); Mendes e Rafael Oliveira. Téc. Roberto Fernandes.

Independente - Osmair; Lima, Ádson, Guará e Fábio Gaúcho; Adenísio, Silva, Marçal e Gian (Marraquete); Wegno (Moisés) e Joãozinho. Téc. Sinomar Naves.

Gols - Sidny, Héliton e Sandro Goiano (Paysandu); Marçal, Wegno e Joãozinho (Independente).

Público: Pagantes - 19.478 / Total - 21.785 espectadores / Renda - R$ 299.685,00.

INDEPENDENTE TUCURUÍ ATLÉTICO CLUBE - CAMPEÃO PARAENSE 2011

(Foto: EVERALDO NASCIMENTO/Caderno Bola-Diário do Pará)

terça-feira, 21 de junho de 2011

São Raimundo 3x2 São Francisco

Pantera leva a melhor no clássico RAIxFRAN em comemoração ao aniversário de 350 anos de Santarém.

Mais de 5.000 torcedores estiveram presentes na noite desta terça no estádio Colosso do Tapajós para acompanharem o super clássico entre São Raimundo x São Francisco. O Pantera veio à campo com a base da equipe que disputou o Parazão e que se prepara para o Brasileirão da Série D. Já o São Francisco montou o time em cima da hora, na maioria com atletas locais. O jogo foi bastante disputado e com muita emoção, no final a torcida Alvinegra foi quem comemorou a vitória, destaque para a grande atuação de Aldivan, autor de dois gols no jogo.

Ficha Técnica:

São Raimundo - Rodolfo Fernandes (Labilá); Júlio Ferrari, Thiago Júnior, Rodolfo Soares e Rafael Vieira; Rodrigo Santarém (Tális), Evair (Belo), Daniel e Vélber (Parreirinha); Sató (Faiuca) e Aldivan (Jackson Itaituba). Téc. Thiago Amorin.

São Francisco - Jatobá; Gean, Aldair, Rafael e Maurian; Frizzo (Alef), Delson (Gabriel), Sidivan (Andrey) e Rodrigo Mojuí (Jackinha); André e Bebeto (Rodrigão). Téc. Oswaldo Monte Alegre.

Gols - Thiago Júnior e Aldivan 2x (São Raimundo); André e Rodrigão (São Francisco).

domingo, 19 de junho de 2011

Independente 2x2 Paysandu

Galo Elétrico vira o jogo, mas permite o empate do Papão nos minutos finais.
O jogo começou com as equipes se estudando e chegando pouco à frente. Aos 20 minutos Andrey recebeu de Rafael Oliveira e soltou a bomba com o pé esquerdo para abrir o placar para o Papão. A vantagem durou pouco, pois 3 minutos mais tarde o lateral Fábio Gaúcho arriscou de fora da área e fez um belo gol para empatar a partida. Na etapa final o Galo Elétrico veio com tudo pra pressão e chegou ao segundo gol aos 18 minutos. Silva fez boa jogada pela direita e rolou para o meio da área, onde Joãozinho só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes. O Paysandu quase não ameaçava o adversário, mas ainda assim conseguiu o empate. Aos 41 minutos o atacante Mendes, em cobrança de falta deixou tudo igual no marcador. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

Ficha Técnica
:

Independente - Dida; Neto (Mozart), Guará, Adson e Fábio Gaúcho; Moisés, Silva, Marçal e Gian (Marraquete); Joãozinho e Kafú (Kurimatá). Téc. Sinomar Naves.

Paysandu - Alexandre Fávaro; Sidny, Hebert, Diguinho e Zeziel; Alexandre Carioca; Hálisson (Héliton), Andrey (Billy) e Marquinhos (Cláudio Állax); Mendes e Rafael Oliveira. Téc. Roberto Fernandes.

Gols - Andrey e Mendes (Paysandu); Fábio Gaúcho e Joãozinho (Independente).

O jogo de volta será no próximo domingo, dia 26/06 às 16h00 no estádio Mangueirão.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Independente tentará o 1° título para o interior

Em mais de 100 anos de história, o Campeonato Paraense de Futebol jamais teve um campeão do interior do estado. Esse ano o Independente será mais um a tentar quebrar essa escrita na grande decisão contra o Paysandu. Desde 2005 Paysandu e Remo não fazem a final do Parazão, com isso várias equipes interioranas bateram na trave a partir de então: Águia de Marabá em 2008 e 2010; São Raimundo em 2009; e Ananindeua em 2006 são exemplos, todos derrotados no momento decisivo. Nos dois próximos domingos, dias 19 e 26/06, o Independente, da cidade de Tucuruí, tentará fazer história e quem sabe levar pela 1ª vez o título para o interior do estado do Pará. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

domingo, 12 de junho de 2011

Independente 2x2 Cametá

Cametá sente o gosto do título, mas toma um banho de água fria no final do jogo.
O Mapará foi à Tucuruí com a difícil missão de ter que vencer o Galo Elétrico por dois gols de diferença para garantir o título. O jogo começou com os Cametaenses bastante ofensivos em busca do gol, mas apesar das chances criadas o 1° tempo acabou mesmo no 0x0. Já na etapa final o Cametá conseguiu o que parecia impossível. Aos 17 minutos o atacante Leandro Cearense chutou forte para fazer 1x0 para o Mapará. Ainda faltava um gol, e ele veio aos 35 minutos, quando Joatã aproveitou cruzamento de Robinho e fez 2x0. O atacante Balão ainda teve uma chance claríssima para matar o jogo, mas parou no goleiro Dida. O jogo se encaminhava para o final e o Independente parecia sem forças para tentar algo, porém aos 44 conseguiu o gol do título com o atacante Wegno, que num lance confuso recebeu na área, girou e bateu forte para vencer o goleiro André Luís. O Cametá se mandou desesperadamente ao ataque, porém quem conseguiu mais um gol foi o Independente, que num contra-ataque matou a partida com o atacante Joãozinho. Gol e festa para o Independente, que comemorou o inédito título da Taça Cidade de Belém. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

domingo, 5 de junho de 2011

Cametá 1x2 Independente

Galo Elétrico vence fora de casa e garante uma vantagem ainda maior para o jogo de volta.
O Cametá tinha a seu favor o fato de jogar diante de sua torcida, mas começou o jogo muito desorganizado e sem inspiração. O Independente se aproveitou e saiu na frente com o atacante Joãozinho. Na etapa complementar o Cametá voltou melhor e se lançou ao ataque para tentar o empate. Mesmo desperdiçando diversas oportunidades o Mapará conseguiu o gol com o artilheiro Leandro Cearense, que aproveitou cobrança de pênalti para igualar o marcador. O jogo se encaminhava para o final, mas aos 45 minutos o atacante Wegno recebeu lançamento do goleiro Dida e fez 2x1 para o Independente, definindo a vitória. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Messi, um craque superestimado

Após marcar o importante gol que ajudou o Barcelona a garantir mais um título da UEFA Champions League, o craque Argentino Lionel Messi foi alçado pela imprensa mundial, principalmente a imprensa argentina, a um patamar que acredito ainda estar muito longe de ser alcançado. Refiro-me ao nível de Maradona, difícil de ser superado, mas ao alcance de Messi. Agora utopia absoluta seria imaginar o argentino do Barcelona chegando aos pés do Rei do futebol: Pelé. O início dessa semana foi repleto dos mais diversos comentaristas levando em consideração essa hipótese. Muitos deles deram bastante ênfase à baixa idade e aos muitos títulos conquistados por Messi nesse curto espaço de tempo, mas a verdade é só uma: Messi poderá até ser comparado a Pelé, mas para que eu concorde com essa comparação, ele ainda tem que conquistar no mínimo três Copas do Mundo, chegando pelo menos perto de fazer 1000 gols como profissional. Essa é a condição para que eu pelo menos entre na discussão, qualquer coisa a menos, que é o mais provável, prova que Rei do futebol só tem um, e que para nossa felicidade, nasceu no Brasil. Só pra servir de base para seu raciocínio veja a incrível lacuna que separa Pelé de Messi: Pelé aos 17 anos já era Campeão do Mundo com o Brasil, sendo muito importante na trajetória da conquista. Messi já disputou 2 Copas do Mundo e nunca passou das 4ªs de Final. Pelé aos 23 anos: 615 gols; Messi aos 23 anos: 205 gols. Fiz tudo isso não por achar que Messi não seja um grande craque e atualmente o melhor jogador do mundo. Só acho que o argentino tem sido muito superestimado pela imprensa mundial, ele realmente já está entre os maiores jogadores da história e com potencial para crescer muito mais e ainda conquistar muitos títulos, mas será muito difícil que ele chegue pelo menos aos pés de Pelé.

domingo, 29 de maio de 2011

Jóbson começa em alta no Bahia

O atacante Paraense Jóbson, autor de dois gols no jogo entre Bahia e Flamengo, foi eleito o melhor atacante da 2ª rodada do Brasileirão. O jogador recebeu a nota 7,5 no Troféu Armando Nogueira e integrou o ataque da seleção da rodada, o detalhe é que seu parceiro de ataque, também com nota 7,5 foi o atacante Iarley, do Ceará, jogador com ótima passagem pelo Paysandu. A seleção de cada rodada do campeonato é formada com base nas médias das notas atribuídas pelos comentaristas do Sportv e jornalistas do site globoesporte.com. Ao final das 38 rodadas os jogadores com as melhores médias integrarão a seleção do Campeonato Brasileiro.

Independente 2x0 Remo

Galo Elétrico vence e deixa Remo sem calendário para o restante da temporada.

O jogo entre Independente e Remo realizado no estádio Navegantão, em Tucuruí, valia muito mais que a chance de disputar o título da Taça Estado do Pará. As duas equipes eram concorrentes diretas à vaga Paraense no Campeonato Brasileiro da Série D. Todos esses ingredientes tornavam o jogo uma verdadeira batalha pela sobrevivência. O Leão Azul começou a partida com três volantes, já que o placar inicial já seria o suficiente para garantir a classificação, mas o que se viu durante quase todo o jogo foi o domínio do Independente, que pressionou desde o começo e chegou ao primeiro gol aos 14 minutos do primeiro tempo, num cruzamento que encontrou o volante Evandro Pará livre na área para completar de cabeça para o gol. O placar favorável deu a tranquilidade necessária para o Galo Elétrico, enquanto que o Remo, nas poucas oportunidades criadas, esbarrava nas defesas do goleiro Dida. Aos 42 minutos o meia Marçal recebeu na área e teve toda a calma na jogada, para deixar o goleiro Lopes no chão, antes de fazer 2x0 para o Independente. Na etapa final de jogo, o Remo precisava empatar e foi pra cima, mas o ímpeto para conseguir a reação parou aos 18 minutos, quando o lateral Elsinho, que havia acabado de entrar, levou dois cartões amarelos em menos de 5 minutos e foi expulso. Com um jogador a menos o time azulino parecia sem forças para buscar o resultado, as coisas ainda ficaram piores quando o atacante Finazzi foi expulso aos 42 minutos. A derrota trará ao Clube do Remo o enorme prejuízo de ficar sem disputar jogos oficiais até o começo do ano de 2012. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

sábado, 28 de maio de 2011

Cametá 3x0 São Raimundo

Leandro Cearense Marca 2 gols e ajuda o Cametá a chegar mais uma vez à decisão de um turno.

O São Raimundo teve uma semana bastante turbulenta às vesperas da partida decisiva valendo vaga na final da Taça Estado do Pará, com o gerente de futebol Sandicley Monte e o técnico Charles Guerreiro ameaçando inclusive abandonar o clube. Em meio a toda essa grave crise interna o Pantera foi ao Parque do Bacurau com a vantagem do empate para avançar à final, mas o Cametá foi quem saiu de campo classificado. Os gols da partida foram marcados por Leandro Cearense, que marcou duas vezes, e Jaílson, que fez o golaço da partida, mostrando muita tranquilidade ao limpar o lance e tocar no canto direito do goleiro Labilá, que nem se mexeu. A vitória colocou os cametaenses mais uma vez em uma final de turno, mostrando que o bom futebol apresentado pela equipe continua rendendo bons frutos.

Ficha Técnica:

Cametá - André Luíz; Américo, Tonhão, Rubran (Hallyson) e Mocajuba; Wilson Guerreiro, Paulo de Tárcio, Leandrinho e Robinho (Romeu); Leandro Cearense e Jaílson (Cassiano). Téc: Fran Costa.

São Raimundo - Labilá; Júlio Ferrari, Rodolfo Soares, Thiago Júnior e Aldivan; Rodrigo Santarém (César Augusto), Daniel, Renato Medeiros (Tinha) e Vélber (Jardel); Leandro Guerreiro e Sató. Téc. Charles Guerreiro.

Gols - Leandro Cearense 2x e Jaílson (Cametá).

Cartões amarelos - Paulo de Tárcio e Leandro Cearense (Cametá); Rodolfo Soares, Aldivan e Daniel (São Raimundo).

domingo, 22 de maio de 2011

São Francisco conquista o título do Santareno Sub-17

Equipe sub-17 do Leão Azul Santareno confirma favoritismo e conquista o título com duas vitórias nas finais.
Jogando no estádio Colosso do Tapajós o São Francisco garantiu o título do Campeonato Santareno Sub-17. O time azulino venceu o Arsenal Belterra nas duas partidas da grande decisão, ambas por 3x1 e levantou o troféu de Campeão. O detalhe é que a conquista se deu de maneira invicta.

Remo 1x0 Independente

Leão Azul sofre, mas consegue a vitória no final do jogo com um belo gol de Elsinho.

O jogo começou com o Remo pressionando em busca do gol. A primeira chance foi com o lateral Marlon, que em cobrança de falta obrigou o goleiro Dida a fazer uma grande defesa. Os Azulinos seguiram levando perigo à meta adversária, mas o Independente saia com velocidade nos contra-ataques e também criou problemas, porém, nada que tirasse o 0x0 do placar. Já na etapa final, o Galo Elétrico voltou bem melhor, logo nos primeiros minutos teve grandes oportunidades para abrir o placar, o Remo demorou a acordar para a partida e por pouco não saiu derrotado, aos 35 minutos se salvou por pouco, foram duas bolas na trave do goleiro Lopes num período de 1 minuto. O jogo ganhou em emoção nos minutos finais, com ambas as equipes buscando a vitória, mas que conseguiu o tão buscado gol foi o Leão Azul, aos 45 minutos o lateral Elsinho resolveu arriscar de fora da área, e de esquerda acertou o canto do goleiro Dida para fazer 1x0 para o Remo. O placar deixa o Remo a um empate no jogo de volta para garantir vaga à final da Taça Estado do Pará.

Ficha técnica:

Remo - Lopes; Rafael Granja, Diego Barros, Rafael Morisco e Marlon (Elsinho); Mael, Luís André (Betinho), Moisés e Ratinho; Rodrigo Dantas e Thiago Marabá (Finazzi). Téc. Givanildo Oliveira.

Independente - Dida; Lima, Álisson, Guará e Fábio Gaúcho; Adenísio, Evandro Pará (Silva), Marçal e Gian (Edíson Belém); Marcelo Peabirú (Wegno) e Joãozinho. Téc. Sinomar Naves.

Gol - Elsinho (Remo).

Cartões amarelos - Elsinho (Remo); Lima, Guará, Gian e Wegno (Independente).

As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo, dia 29/05 às 16h00 no estádio Navegantão, em Tucuruí.

sábado, 21 de maio de 2011

São Raimundo 3x2 Cametá

Pantera chega a estar vencendo por 3x0, mas esquece o futebol no vestiário e sofre 2 gols do Mapará na segunda etapa.

O Colosso do Tapajós recebeu um ótimo público para o 1° encontro entre São Raimundo e Cametá pelas semifinais do Campeonato Paraense. O Pantera começou muito bem e logo no 1° lance da partida, o atacante Leandro Guerreiro quase abriu o placar. A pressão Alvinegra seguiu forte e aos 11 minutos Leandro Guerreiro não desperdiçou e fez 1x0 para o Pantera. O Cametá foi em busca do empate e por pouco não conseguiu, o zagueiro Rubran teve a chance após escorar de cabeça, mas a bola passou raspando à trave esquerda do goleiro Labilá. Aos 32 minutos, Renato Medeiros cobrou escanteio e o zagueiro Thiago Júnior, de cabeça, fez 2x0 para os donos da casa. O Alvinegro Santareno ainda aumentou no 1° tempo, Vélber chutou cruzado para a área e o zagueiro Rodolpho Soares fez o 3°. Na etapa final de jogo o Cametá finalmente resolveu jogar o futebol que o notabilizou durante a competição, e por pouco não chegou ao empate, aos 18 minutos, após cobrança de escanteio, o zagueiro Rubran diminuiu: 3x1. Pouco depois, aos 24 minutos, Robinho recebeu frente à frente com Labilá e fez mais um para o Mapará: 3x2. Ainda restava bastante tempo para ambas as equipes buscarem gols, mas o placar continuou o mesmo.

Ficha Técnica:

São Raimundo - Labilá; Júlio Ferrari, Rodolpho Soares, Thiago Júnior e Renato Medeiros (Fernandinho); Rodrigo Santarém, Daniel, Vélber (Éber) e Aldivan; Leandro Guerreiro (Tinha) e Sató. Téc Charles Guerreiro.

Cametá - André Luíz; Américo, Tonhão, Rubran e Rodolfo; Wilson (Balão), Paulo de Társio, Leandrinho (Balão Marabá) e Robinho; Leandro Cearense e Jaílson (Adeílson). Téc. Fran Costa.

Gols - Leandro Guerreiro, Thiago Júnior e Rodolpho Soares (São Raimundo); Rubran e Robinho (Cametá).

Cartões amarelos - Rodrigo Santarém (São Raimundo); Wilson, Tonhão e Jaílson (São Raimundo).

As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado às 16h00 no estádio Parque do Bacurau, em Cametá.

domingo, 15 de maio de 2011

Parazão - Definidas as semifinais do 2° turno

Após a última e decisiva rodada do 2° turno do Campeonato Paraense os confrontos das semifinais foram definidos:

Sábado___21/05___16h00___São Raimundo x Cametá
Domingo___22/05___16h00___Remo x Independente

Sábado___28/05___16h00___Cametá x São Raimundo
Domingo___29/05___16h00___Independente x Remo
Independente e Cametá tem a vantagem de jogar pelo empate no placar agregado.

Independente 2x1 Remo

Galo Elétrico vira pra cima do Leão e garante a 1ª posição na tabela.

O Independente recebeu o Remo em Tucuruí num jogo que valia a briga para garantir a vantagem de jogar pelo empate na próxima fase. O 1° tempo de jogo apresentou muito menos do que o esperado e acabou no 0x0. Já na etapa final o Independente foi pra cima em busca da vitória, o Remo não conseguia criar boas jogadas de gol, mas abriu o placar numa jogada individual de Thiago Marabá, que arriscou de fora da área e fez 1x0 para o Leão Azul. O Galo Elétrico não se abateu e conseguiu a virada com dois gols de pênalti, ambos convertidos pelo lateral esquerdo Fábio Gaúcho. O Remo ainda chegou perto de conseguir o empate, mas acabou derrotado e agora voltará a enfrentar o Independente na semifinal, com o Galo Elétrico jogando a partida de volta em Tucuruí e também com a vantagem do empate no placar agregado. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Copa de Inverno (Belterra-PA) - União conquista o título

União 2x1 Juventude

Célio faz dois gols e ajuda o União a conquistar o título da Copa de Inverno 2011.

Como parte da programação de aniversário de Belterra, tivemos na tarde de hoje, dia 4 de maio, a grande decisão da Copa de Inverno 2011. No confronto de ida Juventude e União se enfrentaram no campo do bairro de Santa Luzia e empataram em 1x1. Já a última e decisiva partida ocorreu no campo do União, na Estrada 4. O jogo começou com ambas as equipes mostrando muita disposição em busca da vitória. Aos 30 minutos o meio campista Cabeça cobrou escanteio e o lateral esquerdo Célio se antecipou à marcação para fazer 1x0 para o União. O Juventude foi com tudo em busca do empate e aos 36 minutos teve a chance de igualar o placar numa cobrança de pênalti, mas o lateral Nildo desperdiçou mandando a bola na trave. Na etapa final o Juventude continuou insistindo e conseguiu o empate aos 5 minutos, Júnior levantou a bola na área e Romário, de cabeça, deixou tudo igual no placar, 1x1. O jogo seguiu com as duas equipes criando boas chances de gol, mas quem acertou o pé foi o lateral Célio, que após receber passe do meia Cabeça, arriscou de fora da área e colocou mais uma vez o União à frente no placar, 2x1. O Juventude não desistiu e teve chances de empatar, mas esbarrou em boas defesas do goleiro Mickey, uma delas numa cabeçada à queima roupa do atacante Cachorro. Fim de jogo. Com a vitória por 2x1, o União Esporte Clube sagrou-se Campeão da Copa de Inverno 2011.

Ficha técnica:

União - Mickey; Aramanaí, Darlisson (Marcos), Diego Belterra e Célio; Jadson, Roríz, Chinhoca (Jeco) e Cabeça; Clodoaldo e Gatinho. Téc. Océlio

Juventude - Ricardo; Nildo (Luíz Carlos), João, Marlon (Richardson) e Luciano (Jauê); Fábio (Miro), Domingos, Chardson e Deón (Júnior); Romário (Maurício) e Cachorro. Téc. Adamor

Gols - Célio 2x (União) e Romário (Juventude).

Cartões amarelos - Marcos, Jadson, Roríz e Cabeça (União); Luíz Carlos, João e Domingos (Juventude).

(Fotos: FILIPE ANDRÉ/A Corrente)

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Santareno Sub-17 - São Francisco 5x0 Arsenal/Belterra

Leão Azul Santareno atropela e garante vaga na final do 2° turno.
Foi definido na noite de hoje o último finalista do 2° turno do Campeonato Santareno Sub-17. O São Francisco, que jogava pelo empate por ter feito a melhor campanha na fase classificatória, não tomou conhecimento do Arsenal/Belterra e goleou por 5x0, os gols da partida foram marcados por Tiaguinho, André e Mateus Neves, que marcou 3 vezes, o São Francisco ainda desperdiçou dois pênaltis que poderiam tornar o placar ainda mais elástico, mas foi o suficiente para assegurar a classificação à final, o adversário do Leão Azul no jogo decisivo será seu grande rival São Raimundo, que garantiu sua vaga ao empatar com o Norte Clube em 0x0. O campeão do 2° turno enfrentará a equipe do Arsenal/Belterra na grande decisão.

domingo, 1 de maio de 2011

São Raimundo 1x0 Castanhal

Mesmo com um jogador a menos durante quase todo o jogo, Pantera vence e se estabelece no G-4.

A torcida Alvinegra mais uma vez marcou presença para apoiar o São Raimundo no Colosso do Tapajós, mas o jogo que parecia fácil se complicou a partir dos 12 minutos do 1° tempo, quando Renato Medeiros foi expulso. O Castanhal aproveitando a vantagem numérica partiu para o ataque e poderia ter saído na frente, no entanto a primeira metade da partida acabou sem alteração no placar. Já na etapa final, o Pantera Mocorongo voltou melhor para o jogo e mesmo com um jogador a menos mostrava muito empenho em busca do resultado, e a vitória veio nos minutos finais, quando Aldivan, de cabeça fez 1x0. O mesmo Aldivan ainda teve a chance de pênalti de ampliar o placar, mas desperdiçou a cobrança. A vitória foi muito comemorada, principalmente pelo técnico Charles Guerreiro, que exaltou a raça do grupo, que com esse triunfo assumiu a 3ª colocação no 2° turno.

Ficha técnica:

São Raimundo - Labilá; Júlio Ferrari, Rodolfo Soares, Nei Carioca e Rafael Vieira; Rodrigo Santarém (Éber), Daniel (Jardel), Renato Medeiros e Aldivan; Leandro Guerreiro (Vélber) e Sató. Téc. Charles Guerreiro.

Castanhal - Darlan; Thiago, Preto Barcarena, Felipe Bragança e Luís Fernando; Ricardo Capanema, Tetê, Daniel (Helinho) e Soares (Paulinho 47); Max Jarí e Clóvis (André Mensalão). Téc. Válter Lima.

Gol - Aldivan (São Raimundo).

Cartões amarelos - Júlio Ferrari e Renato Medeiros (São Raimundo); Felipe Bragança, Luís Fernando, Soares e Paulinho 47 (Castanhal).

Cartão vermelho - Renato Medeiros (São Raimundo).

Público: Pagantes - 3.925 torcedores/ Total - 4.925 espectadores/ Renda - R$ 58.995,00.

Paysandu 1x1 Remo

Clássico Rei da Amazônia termina empatado e deixa Paysandu em péssima situação na tabela.
Em um Mangueirão com ótimo público, Paysandu e Remo entraram em campo em busca dos 3 pontos, de suma importância nessa reta final. O jogo começou com as duas equipes alternando subidas ao ataque, mas sem levar perigo, até que aos 31 minutos Rafael Oliveira recebeu na direita e rolou a bola para Vânderson encher o pé e de fora da área fazer 1x0 para o Papão. O Remo foi em busca do ataque e aos 41 minutos Rodrigo Dantas escorou de cabeça para empatar o jogo, mas o juiz viu falta no lateral Sidny, assim o 1° tempo terminou com a vantagem Bicolor.

Na etapa final o Remo voltou muito melhor e começou uma forte pressão em busca do empate, aos 5 minutos, Marlon aproveitou falta cobrada rápida e por pouco não igualou o placar. A pressão continuou e aos 12 minutos após cobrança de escanteio, a zaga do Paysandu bateu cabeça e o atacante Rodrigo Dantas não desperdiçou a chance para deixar tudo igual, 1x1. No minuto seguinte o Leão Azul por pouco não conseguiu a virada, em nova cobrança de escanteio, o volante Moisés cabeceou sozinho na pequena área, mas mandou por cima. O Papão tentou mostrar na sequência que ainda estava vivo no jogo, mas logo em seguida o Remo voltou a dominar e criar as melhores chances para sair com a vitória. No entanto a chance mais incrível foi desperdiçada pelo Paysandu, aos 38 minutos Rafael Oliveira de calcanhar deixou Elvis sozinho de frente pro gol, mas o meia jogou pra fora.

O placar final de 1x1 deixou o Paysandu em situação dramática na briga pela classificação, já o Remo foi a 10 pontos e segue no G-4.

Ficha técnica:

Paysandu - Alexandre Fávaro, Sidny (Billy), Ari, Hebert e Bryan (Tobias); Vânderson, Alexandre Carioca, Hálisson e Andrey; Mendes e Rafael Oliveira. Téc. Sérgio Cosme.

Remo - Lopes, Rafael Granja, Diego Barros, Rafael Morisco e Marlon; San, Mael, Thiaguinho (Moisés) e Ratinho (Léo Franco); Rodrigo Dantas e Jaílton Paraíba (Thiago Marabá). Téc. Paulo Comelli.

Gols - Vânderson (Paysandu) e Rodrigo Dantas (Remo).

Cartões amarelos
- Hálisson, Vânderson, Sidny e Billy (Paysandu); Rodrigo Dantas, Rafael Granja, Thiaguinho, Diego Barros e Moisés (Remo).

Público: Pagantes - 21.154 torcedores/ Total -23.696 espectadores/ Renda - R$ 402.880,00.

domingo, 24 de abril de 2011

Cametá 2x1 Paysandu

Mapará vira pra cima do Papão e segue no G-4.

O Paysandu foi ao Parque do Bacurau cheio de desfalques e acabou sendo derrotado. A equipe Bicolor saiu na frente com o jovem atacante Héliton aos 26 do 1° tempo. O Cametá sentiu o gol e a partir de então encontrou muitas dificuldades para criar jogadas de perigo, na única delas o artilheiro Leandro Cearense parou em ótima defesa do goleiro Ney. Na etapa final o Cametá voltou melhor, buscando o jogo e criando diversas oportunidades. O empate saiu aos 15 minutos, quando Romeu aproveitou rebote do goleiro Ney e deixou tudo igual em 1x1. A pressão Cametaense seguiu forte e aos 28 minutos o atacante Cassiano recebeu sozinho e não desperdiçou a chance de virar o placar a favor do Mapará, 2x1. O Paysandu tentou de todas as formas o empate, mas o Cametá mesmo com um jogador a menos, por conta da expulsão do atacante Balão, conseguiu segurar a importante vitória. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

sábado, 23 de abril de 2011

Copa de Inverno (Belterra-PA) - Tudo igual no 1° jogo da decisão

Juventude 1x1 União

Na tarde de hoje ocorreu a primeira das duas partidas que decidirão o título da Copa de Inverno. O jogo, com o mando da equipe do Juventude, foi realizado no campo do Bairro de Santa Luzia, os dois times começaram mostrando muita disposição, mas o 1° tempo acabou sem grandes chances de gol. Já na etapa final, o União precisou de pouco tempo para abrir o placar, Coxa cobrou escanteio e Chinhoca apareceu na pequena área para desviar para o fundo das redes, 1x0. Mesmo com a vantagem no placar o União se mostrava nervoso e cometendo muitos erros, o Juventude corria em busca do empate, que veio após cobrança de falta de Chardson, 1x1. A partir daí o União começou a pressionar para recuperar a vantagem, mas os erros continuavam ocorrendo, proporcionando boas oportunidades para o Juventude contra-atacar, mas nada que levasse perigo, no fim das contas o 1x1 acabou ficando de bom tamanho para ambos e o título será mesmo decidido no jogo de volta, marcado para o dia 04/05, aniversário da cidade de Belterra.